HISTÓRIA

Sinduscon-NH é o primeiro sindicato patronal da construção civil do Rio Grande do Sul.

O Sindicato das Indústrias da Construção Civil, de Olarias, Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Serrarias e Marcenarias de Novo Hamburgo foi constituído a partir do então Sindicato das Indústrias em Madeiras de Novo Hamburgo. A Carta Sindical de 12 de julho de 1943 registra o reconhecimento dado pelo Ministério do Trabalho ao Sinduscon-NH para fins de estudo, coordenação, proteção e representação legal das categorias representadas.

Em sua trajetória, o Sindicato se constituiu em importante ferramenta na alavancagem do desenvolvimento de Novo Hamburgo, atuando em parceria com o governo federal, estadual e municipal, e entidades privadas. 

1996

No dia 25 de novembro, após um período compartilhando espaço com entidades como CREA-NH,  o Sinduscon-NH transfere-se para nova sede, na Avenida Nações Unidas 2390, sala 1301.

1997

O Sinduscon-NH realiza na área da segurança em parceria com a Subdelegacia do Ministério do Trabalho de Novo Hamburgo, o projeto “Construção: Construindo Segurança”. O programa objetiva a diminuição dos acidentes do trabalho nas obras e melhoria das condições de trabalho mediante realização de cursos, palestras, utilização de novos equipamentos de segurança. O selo “Melhores Condições de Trabalho, Melhores Obras” foi criado para identificação das empresas participantes ao programa. Tal iniciativa mereceu em 2000, o prêmio Hélio Beltrão concedido pelo Governo Federal, em cerimônia realizada em Brasília conquistado pela Sub-Delegacia do Ministério do Trabalho de Novo Hamburgo, destinado a premiar os trabalhos destacados no âmbito da Segurança do Trabalho. 

2008

Em julho, a Diretoria determina a ampliação das atividades de treinamento a serem coordenadas pelo Sindicato, mudando a sede para a Av. Nações Unidas, 2120 L01. O local foi transformado em espaço para treinamento, distribuído em três salas de aula, uma sala ampla para realização de aulas práticas da construção civil e marcenaria, área administrativa e sala de reunião, num total de 570m2. 

2009

Firmado com o Senai Gustavo Copê, um convênio para realização de cursos de qualificação de mão de obra, tais como: pedreiro, carpinteiro, ferreiro, gesseiro, pintor instaladores elétricos e hidráulicos. Também iniciam as turmas de jovem aprendiz no curso de Pedreiro em Edificações, atualmente denominado Edificador Predial. Em 2010, 

2010

É assinado contrato com a Unisinos para a elaboração e execução do projeto da Central de Resíduos da Construção Civil (RCD). Neste mesmo ano, o Sinduscon-NH inicia um projeto pioneiro com o Sebrae RS para capacitações e consultorias às empresas fornecedoras de serviços na construção civil, indicadas pelas construtoras associadas. O projeto é tão inovador, que passou a fazer parte do portfólio do Sebrae em todo o Brasil.
Novos convênios são firmados com outras instituições a exemplo do Sesi, Unisinos e Volpato.

2012

Em março, o presidente do Sinduscon-NH assina contrato com a Unisinos para realizar o projeto de estudo e implementação da Norma de Desempenho NBR 15.575, nas obras das empresas associadas à entidade. Em decorrência deste projeto, o Sinduscon-NH constroi 2 protótipos nas dependências da Unisinos, para serem utilizados pelo ITT Performance na realização de ensaios em sistema.

2013

O Sinduscon-NH completa 70 anos. Para comemorar a data, realiza jantar durante a Feira Construsul, nos pavilhões da Fenac, em Novo Hamburgo, com presença de autoridades, associados, filiados e parceiros. Além disso, publica um livro contando a história do Sindicato pelos seus ex-presidentes.
Como Sindicato anfitrião da Feira Construsul, que passa a ser em realizada em Novo Hamburgo, o Sinduscon-NH realiza o 1º Seminário de Inovação e Tecnologia da Construção Civil, com a presença de mais de 300 participantes. O Seminário segue acontecendo anualmente, na Feira.  Ainda na Feira, o Sinduscon-NH é anfitrião da Reunião do Conselho Estadual da Construção, além de apoiar a Rodada de Negócios da Construção promovida pelo Sebrae. Todas estas ações seguem acontecendo nas edições seguintes realizadas em Novo Hamburgo.
Ainda em 2013, o Sinduscon-NH muda de sede passando a localizar-se no centro da cidade, na rua Joaquim Pedro Soares 566, sala 702.  Os treinamentos passaram a ocorrer na sede do Senai e Sesi.

2014

É criado o Grupo RH e Técnicos de Segurança do Trabalho, com reuniões mensais na sede do Sindicato, tendo o objetivo de discutir e realizar ações de interesse comum das empresas associadas e filiadas. A Sipat Comunitária passa a ser itinerante, atendendo um maior número de colaboradores, é realizada a primeira edição do Dia Nacional da Construção Social, promovido pela CBIC, com apoio do Sesi.
O Grupo Editorial Sinos e o Grupo Imóvel Class promoveram o 1 Salão do Imóvel da região do Vale do Sinos, com apoio do Sinduscon-NH, na Fenac.
O Sinduscon-NH firma parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano para agilizar os processos, desde o protocolo de entrega das plantas até a liberação das mesmas. O projeto foi chamado de “Aprovação Eletrônica de Projetos da PMNH”.
O Sinduscon-NH vive um momento de pesar com o assassinato do seu diretor e associado, Gabriel Rodrigues, aos 32 anos, num assalto em sua residência. Decorrente desse fato, diversas entidades de Novo Hamburgo, inclusive o Sindicato, criaram o Movimento PAZ Novo Hamburgo, que vem realizando ações com o objetivo de melhorar a segurança no município.

2015

O Sinduscon-NH pactua 18 cursos Pronatec com o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, qualificando 339 pessoas, totalizando 3.720 horas aula, realizadas no Senai, nas empresas e na FASE – Fundação de Atendimento Sócio-Educativo de Novo Hamburgo. Juntamente do Sebrae, cria o Projeto 2015 para o Setor Moveleiro, com foco gestão das micro e pequenas empresas associadas e filiadas.
O Curso de Aprendizagem tem o nome modificado para Edificador Predial, onde as aulas acontecem no Senai.
Após 5 anos tramitando no Ministério em Brasília, é aprovada a mudança do nome da entidade, passando a ser SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO DE NOVO HAMBURGO.
Ainda em 2015 é criado o 1 Seminário de Gestão de Pessoas e Segurança do Trabalho, com foco na Construção Civil, com apoio do Sesi, Sebrae, Sinduscom-SL e Sinduscon-RS.

2016

Por iniciativa do Sinduscon-NH, o Sebrae cria novo projeto para o setor chamado “Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Construção Civil”. Para beneficiar um maior número de empresas, o Sinduscon-RS e Sinduscom-SL integram o projeto. As ações tem início em 2016 e envolvem os temas: Norma de Desempenho e Building Information Modeling - BIM